Página inicial.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Fechadura enferrujada.

O mundo não é tão feio assim.
Nem bonito assim.
Nem tão complicado assim.
Nem ideal assim.

O mundo não é tão grande.
O mundo é tão pequeno.
Tão fraco, baixo, falho
E ao mesmo tempo, tão imenso... 
Quando existe alguém, 
Especial do outro lado.

O mundo é mundo.
Mas nem tem importância mais.
Medo não há.
Compreensão não há.
Vivo nessa atual volubilidade.

Tudo se perde em,
Moléculas e átomos.
Tudo resume-se à milhas,
Bem pra lá do centro-oeste...

Mas, a culpa é toda do mundo.
Das coincidências. 
Minha, sua...
Ou, da fechadura enferrujada do meu,
 Novo/velho coração.


Tatiane Salles.

20 comentários:

  1. Muito legal teu poema, amiga Tatiane.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati, realmente, o mundo é o que é, nem tanto umas coisas nem outras, depende do que vivemos e como lidamos com as situações.
    Gostei da música, bom curtir.
    Beijos e já bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Que definição perfeita para o mundo... O mundo de amor!!

    http://senhoritamoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Alcançar o outro lado e submergir... um grande amor!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  5. O mundo é assim: complexo ou não complexo depende da maneira como o vemos.Bela poesia!
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. O mundo. Nosso mundo. Tão diferentes, tão iguais.
    Se complicam,se traduzem. E no final, acabam em mãos, nas mesmas mãos - que nem sempre são totalmente nossas.

    Belíssima poesia !
    Um beijo da Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cada uno de nosotros vive su propio mundo y es muy diverso por cierto!
    Bellas palabras mi querida Tatiane, te dejo un abrazo, bonito viernes!

    ResponderExcluir
  8. MAIS UMA NÉ tATY !!!!
    SEMPRE ARRAZANDO NAS ESCRITAS...AMO TUDO QUE LEIO DE TI...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  9. Tantos quantos são os homens, são os mundos.
    GK

    ResponderExcluir
  10. Nada que um pouco de óleo perfumado não resolva...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. E quado alcançarmos o equilíbrio,
    Alcançaremos a medida perfeita.
    Que seja um pouco de cada,
    Que seja bonito e
    Com sua pequena feiura e defeitos.

    Belíssimo poema Tati... Obrigada pela visita de sempre!
    Ótima sexta pra você, beijo (:

    ResponderExcluir
  12. Oi Tati

    Passando "só para dizer" que adoro o que você escreve!

    Beijos linda


    Leila

    ResponderExcluir
  13. Não só para dizer voltei
    Algo mais venho fazer
    Por vales e montes passei
    Para este lindo poema ler!

    Neste lugar encantador
    Onde todos gostam de chegar
    Muito carinho e amor
    Neste paraíso encontrar!

    Bom fim de semana, passado nesse paraíso
    Que eu fui desencantar!
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  14. .



    Tatiane,
    Muitas das minhas férias tive-
    ram a fazenda como pano de
    fundo, mas nunca me ocorreu
    nada parecido com o que diz o
    texto, felizmente.
    Talvez até algumas pessoas
    pensem que o texto de hoje,
    "Quando o palhaço chorou",
    se refira a uma passagem da
    minha vida. Eu não me atreve-
    ria a negar, mas afirmar não
    tenho coragem.

    Um beijo,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderExcluir
  15. Com certeza, o mundo é isso, moléculas e átomos e tudo que faz nossa saudade voltar é culpa dessa fechadura enferrujada que não deixa o coração abrir e se arejar.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  16. A saudade,
    é um sentimento que
    com o tempo traz tristeza,
    que com a alma traz esperança,
    e que se apoia na amizade.
    *Verônica Januário Luz*.
    Eu me apoio na sua amizade para
    continuar seguindo minha história .
    Sua visita e seu carinho me ajuda
    a transpor barreiras nesse momemto .
    Deus sempre é mais forte que a angústia.
    E ele esta sempre presente na minha vida
    continuarei levando minhas visitas
    da forma que me for possivel
    de estar sempre presente .
    Não devo e nem posso me isolar das
    minhas amizades por ñ estar conseguindo teclar.
    Pode haver muitos Amigos em nossas vidas, mais amizades verdadeiras
    para mim é para sempre.
    Por isso falar sobre problemas , meus sentimentos,
    não da soluções para todos os problemas da minha vida, dúvidas ou medos,
    mas me ajuda a viver mais feliz.
    Agradeço de todo coração pela sua amizade
    e seu carinho.
    Estou triste por não ser compriendida
    por levar cola nas minhas visitas.
    Na próxima semana vou fazer uma postagem.
    Não tenho duvidas ,que a pessoa que me aborrece tanto
    vai sentir vergonha de si mesmo.
    Foi esse o motivo do meu afastamento por uma semana
    receber mais insultos .
    A falta de instrução e educação infelizmente
    não tem limites.
    Não fique triste comigo por desabafar
    ao fazer isso é porque tenho certeza da sua amizade e carinho por mim.
    Desesejo um abençoado Final de Semana
    paz e luz.
    Beijos com saudades.
    Evanir..
    Ainda ficarei curada se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  17. Maravilhoso poema Tati. Você escreve com sensibilidade e beleza. Um ótimo final de semana
    Beijokas
    Gracita

    ResponderExcluir
  18. Olá, conheci seu blog no blog da Severa e vim lhe visitar. Gostei muito dos seus versos e poemas, parabéns! Convido-lhe visitar o meu, quem sabe goste?
    Tenhas um ótimo final de semana!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. As fechadura andam de fato enferrujadas e os corações também... Esta faltando o óleo do amor... Muito obrigado Tati. Pela visita sempre calorosa no Metalurgia das letras.

    ResponderExcluir

Seu comentário é um combustível pra mim. É o medidor da sua satisfação e me satisfaz também. Comente, esse é o CANTINHO de todos nós. Obrigada!

Seja bem vindo, volte sempre! =)