Página inicial.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Não significa mais.

Sabe, as vezes fico me perguntando se você vale tão a pena como todas as palavras que até hoje foram escritas por mim direcionadas a sua pessoa.
Se sou tão inútil, ou se posso ceder esse adjetivo pra você, já que nem pra vir me ler você presta mais.
Eu só queria, entretanto, entre-tudo, saber que força é essa? Será radiação da P? Será essa merda de paixão que muitos falam? Mas espera aí, eu nunca fui apaixonada por você. Se quer saber mesmo, eu nunca gostei de você. Eu nunca te amei, meu amor. Ou nunca quis me absorver de tal. Froids te explicara melhor o que eu senti... Enquanto isso não se finda, posso te dizer que esse é um mundo projetado, miseravelmente nosso. 
Em cada parte dele, uma parte de pele nossa, descascando imperceptivelmente, solene, sem voz ativa. Fora as outras mil contradições que cercaram esse cercado de sonetos e devaneios que me passaram todas as noites que deitei na cama e do nada me veio a sua imagem. Fora todos os cabides que tirei do guarda-roupa atoa, pensando em descontar aquele dia que você foi naquela balada tosca na rua de cima da sua casa. E essa nossa respiração espontânea, nossas opiniões contrárias se libertando de cadeados com cheiro de ferrugem. Uma ofensa, parecida com quem acha que o que se vê refletido nesse espelho sujo é ilusão. Outra ofensa, bem maior que uma festa de galinhas da angola dentro do meu edifício. Desse caminho que não se escapa. Todos nos levam ao mesmo; a aquela estrada cheia de buracos. A aquela viela, a aquela esquina, a última esquina, e ainda da pra vê-lo daqui. So bad, so bad! E isso já significou algo pra nós dois. Não significa mais.
Então, renda-se ao clichê do meu pessimismo. Não espere muito desse mês, pois será idêntico aos outros, baby. Eu estou sóbria pro que há de vir a frente. E quando o seu autêntico ódio chegar, o que pode ser no meio dessa madrugada ou no começo da sua meia idade, me liga. Eu vou te atender e não vou perguntar se você está bêbado. Eu saberei que está. Você nunca soube lidar comigo lúcido.


Aos casos e tropeços.
Ao  sentimento que se dispersa, mas se encontra no final.
As paixões infundadas.


Tatiane Salles.

16 comentários:

  1. Oi,Tati!!
    Belo texto!!! Passando aqui pra deixar um beijo e
    desejar um ótimo fim de semana.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  2. Nessa maturidade de sentimentos, vejo o despertar de uma autoestima bem alicerçada!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  3. Os seus textos me cativam Tati.
    Me prendem, me arrastam com doçura palavra por palavra.
    E quando chega o fim, eu penso que sinto saudade da expressividade, e leio novamente.

    Um encanto, mesmo quando as emoções envolvidas nas palavras, exalam sentimentos que não são fáceis de definir.

    Beijos,
    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amiga! Se eu pudesse fazer um gráfico com oscilações do seu coração. Desenharia uma hipérbole com milhões de interrogações dentro e ao lado destes desvarios seus, desenharia também um recipiente para recolher todos os belos poemas que resultam desta vontade de viver apaixonada.

    ResponderExcluir
  5. Dando significado ao nada para poder moldá-lo a seu bel-prazer...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá!Boa tarde!
    Tati...
    opa...lindo texto...
    sentimento pelo outro, sentimento por nós mesmo. Amor próprio! Já ouvi tanto sobre, mas até hoje não descobri alguém que se ame tanto a ponto de deixar o amor pelo outro ser menor. É que quase sempre o que sentimos pelo outro é muito mais intenso do que o que sentimos por nós mesmos. Sempre achamos que podemos amar, ou odiar alguém mais do que nós mesmos. Mas não é bem assim e você sabe muito bem disso.
    Ahh sentimentos, tão diversos, tão confusos que fazem sair de si para tentar entende-los, mas há como entender um sentimento? Não, definitivamente não há como entender, bastar entregar-se e senti-los!...vamos aguardar...
    Obrigado!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Falar de sentimentos nos deixa sempre mais comprometidos com nós mesmos !!!!!!!!!!
    bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Tati,

    Sentimentos explícitos e intensamente rigorosos, sentimos sinceros de um cordão quebrado, quebrado pelo sentimento da frieza,desgosto.
    Sentimentos, são parte de nós sejam eles bons ou ruins, o que vi foi um amor que nunca existiu trocado pelo amor próprio, esse sim fruto amadurecido de si mesmo, que faz parte integral de toda uma vida.

    Parabéns, um grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. .


    Alto bonito e sensual.
    O que faria uma Jovem
    solteira e cheia de sonhos
    se esse sujeito a quisesse
    como mulher?

    Veja na postagem de ama-
    nhã, domingo, no meu blog.

    Um beijão do,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderExcluir
  10. E o que é que não
    Significa mais
    Tudo na vida tem razão
    Somos inteligentes animais!

    É bonita esta canção
    Tem beleza no teu rosto
    Dentro do teu peito o coração
    Não faças sofrer de desgosto!

    Vive tua vida com prazer
    Ama com paixão
    Não te queiras aborrecer
    Luta pela justa razão!

    Me perdi no sentido
    Do comentário em prosa
    Te vi no jardim colorido
    Tuas pétalas linda Rosa!

    Obrigado pelo tua visita Tati,
    Mais vezes aqui voltarei
    Adorei tudo o que li
    Por isso não te esquecerei!

    Bom fim de semana para ti,
    um beijinho
    Eduardo.


    ResponderExcluir
  11. Oi ati, que texto lindo, amei!
    Tenha uma ótima semana, bjs!

    ResponderExcluir
  12. Uma coisa me intrigou, e te intriga agora.
    Mas, moça, uma coisa que aprendi:
    Não questione-se se suas palavras valerão
    a pena, ou não. Principalmente quando são
    direcionadas a um alguém. Escreva como se
    fosse apenas pra si. Deixe os demais de lado.
    (Principalmente esses que não fazem jus
    a tuas palavras).

    ResponderExcluir
  13. Lindos versos de "libertação" da paixão, pois é, paixão por si só é dor, portanto o melhor é partir para o amor, amor próprio em primeiro lugar, depois, ah, depois tudo fica bem e o verdadeiro amor vem!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Você é ótima, que texto perfeito,
    quando aprendemos a ter em nossas mãos o amor, tudo fica mais fácil
    bjs, boa semana

    ResponderExcluir
  15. Obrigado por seu carinho!!
    Abençoada semana.Beijos no core,Soninha.



    *Tem post novo.Bjs

    ResponderExcluir
  16. Passando pra lhe desejar uma boa semana!
    Sempre será bem vinda ao nosso blog. Espero você por lá ;)
    Dê sua opinião ^^

    Beijosmil ;*

    http://o-que-ninguem-ve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é um combustível pra mim. É o medidor da sua satisfação e me satisfaz também. Comente, esse é o CANTINHO de todos nós. Obrigada!

Seja bem vindo, volte sempre! =)